Sustentabilidade

Reaproveitar as águas, reciclar os resíduos e reconverter as pedreiras em espaços naturais são formas de aumentar a qualidade dos produtos da empresa.



Consciente de que só apostando na qualidade e sustentabilidade dos seus produtos poderá continuar a ser uma empresa de referência, a SOLANCIS controla rigorosamente os processos produtivos, segundo normas nacionais e internacionais.

Num mercado cada vez mais competitivo, com consumidores cada vez mais exigentes, as empresas têm de se diferenciar, não só pela qualidade dos seus produtos e serviços, mas também pelas preocupações ambientais e de higiene e segurança.

A SOLANCIS decidiu assim apostar na implementação de um sistema integrado de qualidade, ambiente, higiene e segurança no trabalho, seguindo para tal as Normas NP EN ISO 9001:2008, NP EN ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007.

Com a implementação do Sistema Integrado, a SOLANCIS pretende obter uma maior qualidade dos seus produtos e serviços e, ao mesmo tempo, contribuir para o desenvolvimento sustentável do país. Isto só é possível identificando os aspectos ambientais inerentes à sua actividade, minimizando os impactos negativos causados e zelando pelas condições de segurança dos seus colaboradores.

Gestão de Lamas pull-left img-responsive Reciclagem de resíduos sólidos block-center img-responsive Britadeira pull-right img-responsive

Medidas ambientais

A atividade de exploração de pedreiras é fortemente legislada e fiscalizada, numa tentativa de compatibilizar a valorização e proteção dos recursos naturais com o desenvolvimento das atividades humanas.

Por conseguinte, além das medidas ambientais em vigor a nível nacional, a SOLANCIS cumpre as diretrizes específicas do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC), onde se situam algumas das suas pedreiras.

Recuperação paisagística

O licenciamento de exploração de pedreiras obriga, em Portugal, à apresentação de um Plano Ambiental e de Recuperação Paisagística (PARP). Este documento é constituído pela descrição das medidas ambientais, recuperação paisagística e proposta de solução para o encerramento da pedreira.

Para além disso, o explorador deve entregar à entidade licenciadora um plano de atividades trienal indicando os objetivos a atingir em termos de áreas de exploração e recuperação paisagística. É neste plano que as entidades competentes se baseiam no decurso da vistoria trienal obrigatória à pedreira.

Reciclagem de águas pull-left img-responsive Pedreira recuperada na Serra dos Candeeiros block-center img-responsive Pedreira recuperada na Serra dos Candeeiros pull-right img-responsive

Exploração de pedreiras no PNSAC

Algumas das pedreiras da SOLANCIS ficam situadas no PNSAC, zona protegida que desde 2010 tem regulamentação ambiental própria. Às normas em vigor a nível nacional, o Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (POPNSAC) veio acrescentar outras tantas.

Assim, o início ou ampliação de exploração de pedreira na área abrangida pelo PNSAC só é autorizado se o explorador se comprometer a recuperar uma área de igual dimensão de exploração licenciada ou degradada, independentemente da sua localização. Nalguns casos, dependendo do nível de proteção da área em questão, a recuperação da área degradada tem de duplicar a dimensão da área que se pretende ampliar.

Conheça as nossas pedras, produtos e obras realizadas. Estamos à sua disposição, entre em contacto connosco agora para que o possamos aconselhar sobre a pedra ideal para a sua obra.